Reclamação do Cidadão!

reclamacao-paranapoliticaEsse prédio é um patrimônio cultural da Cidade de Curitiba. Ano que vem faz 100 anos. Atualmente foi invadido por marginais que além de traficar drogas pesadas, estão usando-o como “QG” quartel general para guardar os furtos que são feitos nas imediações do Largo da Ordem. Se alguém tiver algum contato ou conhecer alguém que tenha acesso a alguma autoridade que possa resolver esse descaso com o patrimônio Público agradecemos. Carlos Cavalcante
1

2

3

4

1 comentário

Arquivado em Curitiba

Decifrando a “nova política” de Marina

Marina: discurso, ainda vago, indica objetivo de aperfeiçoar mecanismos de democracia direta

Marina: discurso, ainda vago, indica objetivo de aperfeiçoar mecanismos de democracia direta

Discurso da candidata segue um conceito difuso de mudanças. Mas ela tem esboçado ideias que indicam alteração nos critérios de nomeações e uma reforma política.

Duas palavras dão o tom do discurso da campanha para presidente de Marina Silva (PSB). A “nova política” tenta capturar o espírito dos protestos de junho de 2013, mas sofre com as mesmas dificuldades dos manifestantes. Assim como as reivindicações das ruas, segue um conceito difuso de mudança, sem definir ao certo de qual lugar para onde.

Em entrevistas e no primeiro debate, Marina esboçou algumas ideias do que imagina que precisa ser modificado no atual modelo. “Não é possível continuar com essa lógica de dividir o país. O mundo está mudando e, quando as pessoas foram para as ruas nos protestos de 2013, os recados foram: parem com essa briga do poder pelo poder”, disse na Globonews.
Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Supremo aprova salários de R$ 35,9 mil para ministros

Ricardo Lewandoski, presidente do STF: defesa de reajuste e da PEC 63

Ricardo Lewandoski, presidente do STF: defesa de reajuste e da PEC 63

Caso seja aprovado, aumento de 22% nos vencimentos de magistrados vai gerar um efeito cascata nos três Poderes.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram na tarde de ontem uma proposta de aumento dos próprios salários. O subsídio, caso a proposta seja aprovada no Congresso, passará dos atuais R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil por mês – o que representa um incremento de 22%. O salário dos ministros do STF é o teto do funcionalismo público nacional. De acordo com a legislação, nenhum funcionário de Executivo, Legislativo ou Judiciário pode ganhar acima disso.

A proposta de aumento será enviada ao Congresso Nacional na forma de um projeto de lei, que terá de ser votado pelos deputados federais e senadores. Se aprovado e sancionado pela presidente Dilma Rousseff, os ministros passarão a receber o novo salário a partir de 2015. De acordo com o presidente do Supremo, ministro Ricardo Lewandowski, o incremento visa repor perdas inflacionárias de 2009 até 2013.
Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Empresas doaram R$ 224 mi no 1.º mês de campanha

Frigorífico da JBS: grupo empresarial foi o maior doador do país, com R$ 51 milhões

Frigorífico da JBS: grupo empresarial foi o maior doador do país, com R$ 51 milhões

Empreiteiras e indústria alimentícia estão entre os maiores financiadores de candidatos. Dados são referentes à 1ª prestação de contas em todo o país.

O valor doado aos partidos e candidatos de todo o país durante o primeiro mês de campanha chegou a R$ 224 milhões. Os dados fazem parte de um levantamento exclusivo da Gazeta do Povo, com base em dados disponíveis na Justiça Eleitoral, referente à arrecadação de campanha entre 6 e 28 de julho. Oficialmente, os candidatos podem pedir votos desde 6 de julho. E o dia 28 do mês passado era a data limite para que eles informassem as doações recebidas na primeira fase de campanha.
Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Transferências de presos de Cascavel continuam nesta 3ª feira

Presos rebelados foram ocupam o teto da penitenciária desde o início do movimento

Presos rebelados foram ocupam o teto da penitenciária desde o início do movimento

Detentos começaram a deixar complexo às 19h30 depois de acordo ter sido firmado. Ao menos 250 já tinham sido transferidos até as 23 horas, segundo a Seju.

A rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC) entrou no terceiro dia, nesta terça-feira (26), com a possibilidade de terminar, com a transferência de presos rebelados do complexo para outros presídios do Paraná. Um acordo, firmado no fim da tarde de segunda, apontou para uma possível solução, apesar de a tensão no presídio ter se mantido ao longo de todo o dia. O primeiro grupo, de 150 presos, saiu da PEC no início da noite desta segunda-feira (25), por volta das 19 horas e até a última atualização desta reportagem, às 23h50, viaturas, ônibus e carros fechados do Departamento de Execuções Penais (Depen-PR) deixavam o local a todo momento com presos.
Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Guia compara custos e benefícios dos sistemas de metrô, BRT e VLT

Para trajetos com demanda baixa de passageiros, ônibus ainda são as opções mais baratas

Para trajetos com demanda baixa de passageiros, ônibus ainda são as opções mais baratas

Além do gasto para construção, é preciso avaliar quanto um modal de transporte requer de gasto em manutenção e calcular a capacidade de demanda.

Se um governante tivesse à sua disposição R$ 5 bilhões para realizar obras de mobilidade urbana voltadas ao transporte coletivo, poderia construir 10 quilômetros de metrô, entre 40 e 50 quilômetros de estrutura para Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou 200 quilômetros de vias exclusivas para BRT. O cálculo está no guia Mobilidade Inteligente, que a fabricante de ônibus Volvo lançou neste ano. Apesar de o dinheiro render mais no sistema de ônibus, ele não é o fator que mais pesa na decisão do poder público. Antes de transformar a cidade em canteiro de obra, é preciso avaliar a capacidade de carregamento de passageiros, o tempo de implantação e a função dentro da rede de transporte que o modal vai exercer.
Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Curitiba

O Paraná do futuro

info_candidatos_240814Como você imagina o Paraná daqui a 20 anos? Qual é o seu sonho para o estado no futuro? E o que pode ser feito agora para chegar lá? A Gazeta do Povo fez essas perguntas a Beto Richa (PSDB), Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) para entender qual é a visão de longo prazo dos candidatos ao governo e o que eles pretendem fazer, caso eleitos, para construir o Paraná do amanhã. O resultado é que os três têm diagnósticos semelhantes sobre as vocações do estado, mas visões estratégicas completamente diferentes para desenvolver o Paraná.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Eleições 2014, Governo do Paraná